O que me dizem seus lábios

Seus lábios dizem que um dia comigo é um dia como outro qualquer… sqn. Convidam-me para te acompanhar em um café no fim da tarde. Dizem ainda, que um taurino não desiste fácil e sempre consegue um sim.

Seus lábios me dizem que ao faltar exatamente uma hora para o encontro esperado, se instalou em você a inquietude e a ansiedade. Que o tempo começou a brincar, demorando a passar.

Seus lábios declaram que houve uma troca de olhares profunda e frequente e que nossa reação ao nervosismo é a mesma: orelhas quentes e mãos frias. Concordo! Dizem que parecemos nos conhecer a tempo. Dizem que se lembra das pequenas e discretas trocas de carinho, quando usei pretexto para pegar em suas mãos, por exemplo. Esse e mais outros pequenos gestos foram te conquistando. Várias vezes, no meio de algum assunto, aqueles momentos em que ambos os olhos se conectavam de uma forma que nos fazia paralisar, levando a gargalhadas gostosas. Seus lábios dizem que quando olhamos para o relógio, já era a hora de voltar pra casa, pois mais uma vez o tempo havia brincado conosco, dessa vez passando depressa.

Seus lábios me dizem que em sua cabeça surgem perguntas como “O que você está pensando? Será que você realmente gostou de estar comigo pessoalmente?”. Dizem que você premeditou um beijo.

Seus lábios me envergonham ao dizer que meu jeito fofo de estar envergonhado, sem jeito e tentando me esconder atrás de uma parede invisível entre nós dois, te agrada. Seus lábios me segredaram que naquele momento a sua mão na minha mão, era para mostrar o quanto você havia gostado de estar junto comigo, naquelas três horas e meia. Dizem que você estava esperando uma brecha, uma oportunidade que veio com minha pergunta “Você gostou?”.

Seus lábios me confessam que essa foi a chance que você estava esperando para me dar um beijo. Na verdade, uns.

Seus lábios me ensinaram que ao vermos horas iguais, como 22:22, podemos fazer um desejo com muita vontade. E afirmaram com convicção, que desejos podem se realizar.

Seus lábios te entregaram ao dizer que a noite, já deitado em sua cama, você pensou em mim e ao olhar para o outro lado da cama, me imaginou ali, deitado olhando em seus olhos e me disse “Boa noite”!

Seus lábios dizem tantas coisas fofas, ao passo que os meus só têm uma pinta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s