Curitibanos, primeiras impressões.

Curitibanos são (muito) bonitos, se vestem bem, falam inglês fluente, amam hambúrguer, são bairristas (demais), viajam com frequência, respeitam regras…

Curitibanos correm pra não perder o ônibus, tem olhos coloridos, cultivam caras fechadas (acho que por influência da previsão do tempo) e, tenho quase certeza, inventaram essa de usar moleton como tendência de moda

Curitibanos fingem não se importar com a vida alheia, mas observam tudo atentamente (Ta’í o Oilman que não me deixa mentir sozinho) e não têm riso fácil, mas quando, é um sorriso sincero.

Curitibanos são educados (por osmose) e mal-educados com raiva. Raiva de que? Não sei. Talvez raiva do sol, que raramente vem.

Curitibanos são pálidos, como se fossem figurantes em algum filme da saga Crepúsculo. Falam leiTe, assistem peças, espetáculos de dança ou música e moram em sobrados, quer dizer, shoppings.

Curitibanos não te deixam entrar no meio de peças que já começaram. E te convidam a ir embora do bar, quando é hora de fechar.

Curitibanos chamam os não-curitibanos de forasteiros.

Curitibanos são caseiros, não jogam papel no chão e me tratam como se eu fosse um deles. Talvez eu seja.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s