A tal pinta… na boca

Me observava. Até que a fatídica pergunta surgiu entre nós.

_ Você tem uma pinta na boca?

_ Tenho.

_ Que diferente… Um charme!

Essa foi uma reação tranquila. Lembro de uma vez, um engraçadinho me perguntou se o carrapato na minha boca não estava incomodando. Carrapato? Na boca?

Noutra (acho que na 5ª série), o Wilson fez, com caneta preta, na própria boca, uma pinta. Só para tirar onda com a minha cara.

Quando o assunto é beijo, ela é fetiche. Com direito a promessas de quem quer arrancá-la com uma mordida.

Dra. Adelia, minha dermatologista, quer tirá-la por precaução médica. Protelo. Há anos.

Segundo o dicionário Pinta é uma pequena mancha ou sinal de nascimento. Amo a minha. Sem ela não seria eu. Faltaria uma identidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s