Eu, que não li Machado

Eu, que não li Machado, sei que o mesmo nunca citou em seus textos as comuns escarradeiras presentes nas casas do século dezenove. Foi Nelson quem me contou, o Rodrigues.

Eu, que não li Machado, sei que você não é Capitu, mas também tem olhos de ressaca.

E quando alguém me pedir para explicar o sentido da expressão “olhos de ressaca” apontarei seus olhos, que serão em si mesmos a melhor explicação possível.

Se apontarei seus olhos, logo os mesmos estarão próximos, logo você estará próximo, logo isto é um pedido, um desejo e um medo. Pois gosto de ti, pois és um anjo, pois és uma mistura irresistível: olhos de ressaca em um rosto de ursinho. Acho-te a cara do Ursinho Ted.

Eu, que não li Machado, terei de ler.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s