Um dos meus porteiros se chama Zé.

E eis aí o cúmulo da redundância.

Me incomoda dizer “Bom dia, Zé” ou “Bela Camisa, Zé”. Pareço preconceituoso.

Deveria ser um outro nome. Diferente. Original. Que tal… Luzinete?

– oemquepensar