Aqueça a relação, digo, panela, em fogo médio.

Com o fogo baixo talvez a receita não dê muito certo. Ou vire outra coisa, tipo amizade.

Já se o fogo estiver alto, cuidado. Isso é paixão. O que vai fazer com que tudo queime rapidamente e não restará outra opção a não ser jogar fora.

No fogo médio é que as almas se conectam. Digo, ingredientes. Como pernas entrelaçadas dentro de um ofurô. Como mãos que se encaixam como imãs. Como pintas nos lábios que são como um sinal de que já era, antes mesmo de ser.

– oemquepensar